Em 1981, uma obra de arte para o santo padroeiro dos cervejeiros foi inaugurada em Bruges. O então prefeito solicita a Henri Maes IV e a sua filha Véronique que preparem uma cerveja especial em homenagem às festividades que acompanham a inauguração da estátua de Santo Arnaldo.
 
No entanto, a cerveja foi apreciada de tal forma que se tornou uma cerveja de linha da cervejaria De Halve Maan. Esta cerveja forte e bem lupulada recebeu o nome apropriado Straffe Hendrik, referindo-se aos muitos Henri/ Hendrik na família Maes. Por tradição na família, em toda geração um filho nascido é batizado por Henri ou Hendrik, traduzido como Henrique em Português.
 
Podemos dizer que a Brugse Zot faz uma homenagem a população de Bruges, enquanto a Straffe Hendrik homenageia e tradicional família cervejeira.
 
A marca foi tomada no final dos anos oitenta por uma cervejaria de fora de Bruges, mas em 2008, Xavier Vanneste recuperou os direitos do filho perdido, Straffe Hendrik.
 
Hoje, Straffe Hendrik é a última cerveja Tripel autêntica, fabricada em Bruges.

Bezoek ook